Eterna Diva Olhai Por Nós!

Este post foi retirado da Wikipedia, pois não tenho condições emocionais de redigir um texto de minha autoria sobre uma das poucas merecidamente chamadas divas desse país, Hebe antes de tudo era uma mulher, forte, engraçada e maravilhosamente carismática. Choro hoje como se um familiar fosse ao túmulo, e sinto-me talvez um pouco orfã. O Brasil perde um pouco da sua criatividade, alegria e talento. E eu perco um pouco de mim.


Hebe Camargo Ravagnani (Taubaté, 8 de março de 1929 - São Paulo, 29 de setembro de 2012) foi uma consagrada apresentadora de televisão, atriz e cantora brasileira, tida como a "rainha da televisão brasileira". Ravagnani é seu sobrenome de casada. Morreu no dia 29 de setembro de 2012 por uma parada cardíaca em São Paulo.
Nascida em Taubaté, filha de Esther Magalhães Camargo e Segesfredo Monteiro Camargo, Hebe teve uma infância humilde. Na década de 1940, formou, com sua irmã Stella Monteiro de Camargo Reis, a dupla caipira "Rosalinda e Florisbela". Seguiu na carreira de cantora com apresentações de sambas e boleros em boates, quando abandonou a carreira musical para se dedicar mais ao rádio e à televisão.
Ela estava no grupo que foi ao porto da cidade de Santos buscar os equipamentos de televisão para a formação da primeira rede brasileira, a Rede Tupi. Foi convidada por Assis Chateaubriand para participar da primeira transmissão ao vivo da televisão brasileira, no bairro do Sumaré, na cidade de São Paulo, em 1950. No primeiro dia de transmissões da Rede Tupi, Hebe Camargo deveria cantar logo no início do TV na Taba (que representava o início das trasmissões) o "Hino da Televisão", mas alegou estar doente e faltou ao evento, sendo substituída por Lolita Rodrigues.
Durante muito tempo as duas, que são amigas desde aquela época, não admitiram se Hebe deixou de cantar o Hino porque estava doente ou se foi por causa de um encontro amoroso. No programa "Irritando Fernanda Young", exibido no dia 30 de dezembro de 2007 pelo canal pago GNT ela revelou ter ido acompanhar seu namorado na época numa cerimônia, onde ele seria promovido, no Teatro Cultura Artística.
O programa Rancho Alegre (1950) foi um dos primeiros programas em que Hebe participou na TV Tupi, Canal 3, de São Paulo: Hebe fez um dueto com o cantor Ivon Curi, sentada em um balanço de parquinho infantil. Estas imagens estão gravadas em filme e são consideradas relíquias da televisão brasileira, uma vez que o videotape ainda não existia e na época não se guardava a programação em acervos, como atualmente.
A estreia na TV ocorreu, em 1955, no primeiro programa feminino da TV brasileira, O Mundo é das Mulheres, onde chegou a apresentar cinco programas por semana. Em 1957, Hebe, originalmente uma morena, passa a se apresentar com os cabelos tingidos de louro, até hoje.
Em 1960 ela é contratada pela TV Continental para apresentar Hebe Comanda o Espetáculo, cuja edição especial em 1961 é lançada em disco.
Em 10 de abril de 1966, vai ao ar, pela primeira vez, o programa dominical de Hebe Camargo, pela TV Record (Canal 7 de São Paulo, atual Rede Record); o programa a consagra como entrevistadora e ela se torna líder absoluta de audiência, acompanhada do músico Caçulinha e seu Regional.
Durante a Jovem Guarda, Hebe deu espaço a novos talentos, como Roberto Carlos, Martinha, Wanderléa e Ronnie Von, a quem apelidou de Príncipe.
Logo depois, a apresentadora Cidinha Campos veio ajudá-la nas entrevistas. Hebe também arranjava tempo para o seu programa diário na Jovem Pan - Rádio Panamericana.
Hebe passou por quase todas as emissoras de TV do Brasil, entre elas a Record e a Bandeirantes, nas décadas de 1970 e 1980. Na Bandeirantes, ficou até 1985, quando foi contratada pelo SBT.
Em 1986, Hebe foi para o SBT, onde apresentou três programas: Hebe, no ar até 2010, Hebe por Elas e Fora do Ar, além de participar do Teleton e em especiais humorísticos, como um quadro do espetáculo da entrega do Troféu Roquette Pinto, Romeu e Julieta, em que contracenou com Ronald Golias e Nair Bello, já falecidos, artistas que foram grandes amigos da apresentadora.
O programa Hebe entrou no ar em 4 de março de 1986. Entre 1986 a 1993, o programa foi ao ar nas terças-feiras. Em 1993, migrou para as tardes de domingo. No ano seguinte, foi para a segunda. Durante um período, foi exibido aos sábados. A apresentadora recebe convidados para pequenos debates e apresentações musicais: todos se sentam em um confortável sofá, que é quase uma instituição da televisão brasileira.
Em 1995, a gravadora EMI lançou um CD com os maiores sucessos de Hebe. Em 1999 voltou a lançar um CD. Em 22 de abril de 2006 comemorou o 1 000º programa pelo SBT.
Por volta das 16h30min de 13 de dezembro de 2010, ao final da gravação do especial de Reveillon de seu programa no SBT, Hebe, a apresentadora, pegando a todos de surpresa, leu uma carta de próprio punho para seu auditório e público informando que aquela foi a sua última atuação como funcionária do SBT. Estava ela se despedindo da emissora de Silvio Santos depois de 24 anos. O contrato dela com o SBT venceria no dia 31 de dezembro, mas diante disto Hebe confirma que não deve mais renovar com a emissora do "Baú". O último programa de Hebe Camargo no SBT foi ao ar em 27 de dezembro de 2010. Dois dias antes de anunciar a saída do SBT, no dia 11 de dezembro, Hebe, com permissão do SBT, gravou com o apresentador Fausto Silva o Domingão do Faustão, da Rede Globo, onde recebeu uma homenagem (este programa foi ao ar no dia 26 de dezembro de 2010). Após sua saída do SBT, ela assinou contrato com a RedeTV! em 15 de dezembro de 2010 para receber 500 mil reais por mês mais 50% de todos os merchandisings, estreando na emissora em 16 de março de 2011 ocupando o terceiro lugar na audiência na Grande São Paulo. O programa possuia o mesmo formato do seu programa na antiga emissora sendo exibido ás terças-feiras. Segundo a o site Radar online da revista Veja, a emissora estaria propondo aos seus funcionários uma diminuição para a renovação dos contratos pela metade do salário. Em 24 de agosto de 2012 a colunista do jornal Folha de S. Paulo Keila Jimenez publicou que após a apresentadora ter reclamado dos atrasos de salários pela emissora a equipe de seu programa havia sido desmanchada. Após várias especulações sobre a ida da apresentadora de volta para o SBT o colunista Flávio Ricco do portal UOL intitulou a matéria de "Hebe Camargo está de volta ao SBT", sobre o retorno a sua antiga "casa", o que foi desmentido pelo agente da apresentadora. A confirmação da rescisão do contrato com a RedeTV! saiu dois dias após em 17 de setembro. A última exibição do programa Hebe na RedeTV! ocorreu no dia 25 de setembro de 2012 em uma edição especial de despedida da emissora. Dois dias após a exibição do especial o SBT anunciou a volta da apresentadora a casa.

Em 8 de janeiro de 2010, Hebe foi internada no hospital Albert Einstein, na Cidade de São Paulo. Informações preliminares adiantavam que ela passaria por uma cirurgia para a retirada de um tumor no estômago. Um boletim emitido posteriormente pelo hospital divulgou que Hebe foi submetida a uma laparoscopia diagnóstica, que encontrou nódulos, atestando ser um tipo raro e de difícil tratamento do câncer no peritônio. O resultado da análise confirmou a existência de um tumor primário na região. Em junho de 2012, Hebe foi internada para retirada da vesícula. Em julho de 2012 foi novamente internada por motivo não divulgado oficialmente.
Foi casada duas vezes. Seu primeiro matrimônio foi com o empresário Décio Capuano. Ele foi o segundo namorado de Hebe e estavam morando juntos havia 15 anos. Hebe se casou no civil e na igreja em 14 de julho de 1964, de vestido rosa, pois, por tradição da época, a noiva que não fosse mais virgem não poderia usar branco e Hebe também já tinha 35 anos, ela achava feio se casar como uma jovenzinha. No mesmo ano descobriu que estava grávida. Em 20 de setembro de 1965 deu à luz um menino, a quem batizou de Marcello de Camargo Capuano. A criança nasceu de parto normal, na Maternidade São Paulo, na Cidade de São Paulo, em um parto prematuro de 8 meses. Décio era muito ciumento, não aceitava a carreira de Hebe, tanto que ela interrompeu por 1 ano até voltar às rádios e tvs.
No período que morou com Décio, antes de se casar oficialmente, Hebe engravidou duas vezes mas sofreu aborto espontâneo. O marido e ela brigavam muito, e ele a acusava de estar trabalhando demais na televisão, querendo que ela parasse de atuar na TV, e a acusava de ser a culpada pelos dois abortos sofridos, porque trabalhava demais. Depois de casada e conseguir ter seu filho, o jeito do marido não mudou, se tornando infeliz no casamento. Não aguentando a oposição do marido a sua carreira e a crises conjugais, Hebe saiu de casa levando o filho do casal em 1971, e se divorciaram no mesmo ano. Morando sozinha com o filho Marcello, conheceu o empresário Lélio Rvagnani. Eles começaram a namorar e em 1973 casou-se com Lélio, que ajudou-a a criar seu filho, mesmo o pai indo vê-lo as vezes. Hebe e Lélio viveram um casamento feliz por 29 anos, até a morte dele, em 2000.

Em uma entrevista a revista Veja, declarou que aos 18 anos, em 1947, na sua primeira relação sexual, engravidou do seu primeiro namorado, o empresário Luíz Ramos, um homem mais velho e experiente em conquistas. Tomou essa decisão pelo fato que ele a traía constantemente, os dois viviam brigando, e por ser vergonhoso para os pais terem uma filha mãe solteira. A situação piorou quando Hebe foi abandonada grávida por Luíz. Sem alternativas, com medo de ser expulsa de casa e com pena dos pais pelo vexame que passariam de ter uma filha sem marido e com filho, um dia, sem contar a ninguém, decidiu fazer um aborto, indo a casa afastada que fazia esse tipo de procedimento. Hebe relata que o aborto foi sem nenhum tipo de anestesia, a fazendo gritar de dor, por causa do corte na hora de tirar o feto. Isso a fez sofrer muito. Ao sair de lá, continuou mal e demorou por meses para se recuperar, sentindo dores e hemorragias. Hebe acabou mentindo para os pais, escondendo tudo deles e dizendo que estava bem, somente com cólicas. Passou a tomar remédios e mais remédios escondida, sem orientação médica, e por milagre não faleceu ou teve sequelas, sarando sozinha. Apesar de tanto sofrimento físico e emocional, Hebe diz que não se arrependeu desse ato, que fez isso na hora certa. Não poderia ter um filho naquela época, afirmou.

1º DVD Ao Vivo (2010)

Aos 81 anos, "Hebe Camargo" se prepara para gravar seu primeiro DVD ao vivo. Em dois shows, um em São Paulo, no Credicard Hall (em 27 de outubro de 2010) e outro no Rio de Janeiro, no Citibank Hall (em 24 de novembro de 2010), a loira irá dividir o palco com personalidades da música brasileira. Fábio Jr., Daniel, Leonardo, Maria Rita, Chitãozinho e Xororó e Bruno e Marrone estarão ao lado da diva brasileira em momento marcante de sua carreira. "O show está bem variado. Penso que nem preciso ir, vou ficar só assistindo…", diz. "Meu maior medo é ninguém aparecer", contou ela em encontro com a imprensa em São Paulo, nesta terça-feira (21). "Jamais dei uma coletiva. Estou assustada", revelou.

Hebe Camargo no SBT.
No CD, que chega às lojas na primeira semana de outubro de 2010, "Hebe" ainda divide canções com grandes personalidades da música, como Roberto Carlos. "Eu gravei minha parte em São Paulo e os meus convidados no Rio de Janeiro", contou ela, relembrando que nomes como Daniel Boaventura e Ivan Lins também estão no projeto.
No passado, a rainha da televisão precisou escolher entre seguir a carreira de apresentadora ou a música. "Fiz dois discos antes desse, mas não foram muito bons. Acho que é porque a apresentadora estava cobrindo a cantora."
Questionada de onde tira tanta energia para seguir em turnê (que deve começar em março de 2011), ela é rápida: "a alegria de ter uma recuperação rápida (Hebe passou por um câncer no início do ano) me deu essa energia… Além disso, me alimento bem e durmo que nem uma bonequinha. Costumo brincar que sou uma artista", explicou ela que, depois de se apresentar em São Paulo e Rio para a gravação do DVD ao vivo segue para outras capitais brasileiros. "Com certeza faremos Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador… Serão 12 shows, um por mês. Se der, eu faço mais."
  • Controvérsias

    Salário na RedeTV!

    Em julho de 2012, quando Hebe estava internada num hospital da cidade de São Paulo, ela teve a ideia de ligar para Carlos Nascimento, jornalista e apresentador do SBT. Na ligação, ela disse que queria votar para o reality show O Maior Brasileiro de Todos os Tempos, durante esta semana, o programa estava em uma competição do Pelé e Juscelino Kubitschek, e ela escolheu votar no rei Pelé. Durante a conversa também falou sobre o estado de saúde, afirmando que graças a Deus e à riqueza dos remédios, estava melhorando. Em sua participação, aproveitou para elogiar o ex-patrão Silvio Santos e criticou a sua antiga emissora (RedeTV!).
    Cquote1.svgEu queria dizer que Silvio Santos jamais atrasou os pagamentos.Cquote2.svg
    — Hebe Camargo.

    Trabalhos

    Televisão

    Cinema

    • 2009 - Xuxa e o Mistério de Feiurinha
    • 2005 - Coisa de Mulher
    • 2000 - Dinossauro (dublagem da personagem Baylene em português)
    • 1960 - Zé do Periquito
    • 1951 - Liana, a Pecadora
    • 1949 - Quase no Céu

    Na Música

    • Hebe Mulher (2010)
    • As Mais Gostosas Da Hebe (2007)
    • Como É Grande o Meu Amor Por Vocês (2001)
    • Pra Você (1998)
    • Maiores Sucessos (1995)
    • Hebe Camargo (1966)
    • Festa de Ritmos (1961)
    • Hebe e Vocês (1959)

Tudo Novo Denovo



Eu volteiou não, na verdade, ainda tá tudo muito confuso na minha vida, mas vou tentar ir postando e mudando o blog conforme der...Quem acompanha o blog, já viu que se mudou bastante aqui, o cabeçalho fui eu que fiz, o menu foi na base do tutorial, olhando e fazendo, do go imagine eu acho. Acho que vou mudar o cabeçalho denovo...ou não


                                                             


O  1º post de hoje é totalmente REVOLTADO, primeiro porque odeio gente convencida e odeio artista sem talento.
Dá pra imaginar o quanto eu odeio o Latino?! O infeliz além de não ter o mínimo talento nem pra escrever, nem pra cantar ou tocar, ainda se acha O artista! Ele disse que a versão dele da música do Psy é melhor que a original(!!!), e ainda destratou quem o criticava no twitter. Leia as versões abaixo, caso você não saiba o que a letra coreana significa (não é a tradução exata, é que mais se aproxima, pq por exemplo "oppa" é irmão mais velho e "gangnam" é um distrito rico da Coréia do Sul, então ao pé da letra seria o irmão mais velho tem o estilo de gangnam...ou seja, confia na tradução abaixo senão vai ficar quebrando a cabeça), e tire suas próprias conclusões sobre qual conteúdo é o melhor. Soube que está rolando até um protesto de brasileiros mesmo querendo impedir o lançamento dessa porcaria de versão. Tá certo e deveria, porém não configurando plágio, não há o que fazer, infelizmente música horrível e ego exarcebado ainda não são crimes. 
Em tempo: o videoclipe tem uma crítica social, porque Psy é da periferia de Seul e o 'estilo ganganam' do clipe seria o dos playboys sul-coreanos, fúteis e convencidos como todos os de qualquer lugar do mundo. 

Estilo de Gangnam  - TRADUÇÃO DE OPPA GANGNAM STYLE
Oppa tem o estilo de Gangnam
Estilo de Gangnam

Uma mulher que é quente e amorosa durante o dia
Uma mulher elegante que saiba apreciar uma boa xícara de café
Uma mulher que o coração aqueça quando chega a noite
Uma mulher que mostre essa mudança

Eu sou um cara
Um cara que é quente durante o dia, que nem você
Um cara que toma seu café todo dia antes mesmo que ele esfrie
Um cara que o coração explode quando chega a noite
Esse tipo de cara

Bonita, adorável
Sim você, ei, sim é você, ei
Bonita, adorável
Sim você, ei, sim é você, ei
Agora vamos até o fim

Oppa tem o estilo de Gangnam,
O estilo de Gangnam
Oppa tem o estilo de Gangnam,
O estilo de Gangnam
Oppa tem o estilo de Gangnam
Eh garota sexy
Oppa tem o estilo de Gangnam
Ehh garota sexy
Ooooh

Uma mulher que pareça inocente, mas que quando joga, joga pra valer
Uma mulher que saiba jogar o cabelo na hora H
Uma mulher que não se mostra, mas é mais sexy do que aquelas que mostram tudo por aí
Um mulher sensual assim

Eu sou um cara
Um cara que parece educado, mas que quando tem que jogar, joga pra valer
Um cara que vai a loucura na hora H
Um cara que tem mais ideas do que músculos
Esse tipo de cara

Bonita, adorável
Sim você, ei, sim é você, ei
Bonita, adorável
Sim você, ei, sim é você, ei
Agora vamos até o fim

Oppa tem o estilo de Gangnam,
Estilo de Gangnam
Oppa tem o estilo de Gangnam,
Estilo de Gangnam
Oppa tem o estilo de Gangnam
Ehh garota sexy
Oppa tem o estilo de Gangnam,
Ehh garota sexy
Ooooh

Acima do homem que corre está o homem que voa,
Baby baby, eu sou um cara que sabe uma coisa ou duas
Acima do homem que corre está o homem que voa,
Baby baby, eu sou o homem que sabe uma coisa ou duas

Você sabe do que estou falando

Oppa tem o estilo de Gangnam
Ehh garota sexy
Oppa tem o estilo de Gangnam
Ehh garota sexy
Oppa tem o estilo de Gangnam
 
VERSÃO DO LATINO
Despedida de Solteiro
Eu vou gozar a vida hoje em 24 horas
O mulherio já sabe que essa noite é toda nossa
Caçar e ser caçado na balada só gostosas
DJ turbine o som que o LP já tá na roda
A zona continua
Não pare
Não po-pare
As minas todas nuas
As latinetes de topless e de bumbum pra lua
E eu na captura virando uma presa sua
Ninguém me segura
É despedida de solteiro
Amanhã talvez eu vá casar
Eu tô chapado. Tô muito louco. E a ressaca vai me matar.
Eu ligo um "dane-se" Eu quero só beijar, brincar de te laçar, laçar
Laçar, puxar, beijar. Vou te pegar. Laçar, puxar, beijar. Pra galopar. Só pra galopar.


                                                                       

Agora o 2º post...um assunto(outro) que me deixou muito p*ta da vida! O deputado Protógenes Queiroz (é, esse mesmo) ao invés de pegar seu smartphone (que deve ser um iphone comprado com verba pública) e fazer uma pesquisa rápida sobre o filme que iria assistir com o filho de onze anos, foi talvez desavisado ao cinema e saiu feito uma bicha louca indjignahhdaaaahh e agora quer simplesmente ir aos Ministérios da Cultura e da Justiça saber porque o filme foi admitido e proibir a exibição em território nacional... Tá respira;

Eu quando li isso:
                        

O detalhe da hipocrisia: um dia antes, via twitter, Proti  disse ser contra a RESTRIÇÃO DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO! E - ISSO - É - O - QUE, CHESSSUUUUSS?? Chama o pastor metralhadora (se vc boiou vai no youtube e procura pastor metralhadora) que esse não tá puuuro!!!
Nobre deputado, por que, vossa excelência não fez uma rápida pesquisa sobre o longa antes de assistir com seu filho? Se vossa retardada excelência não passou os últimos anos na Antártida, sabendo o nome do diretor Seth MacFarlane saberia que é o criador do desenho também politicamente incorreto (e muito FODA, assim como Ted)  Family Guy (Uma Família da Pesada), ou seja, saberia- mais-ou-menos-do-que-se-tratava-o-filme!!!
Mas por que tamanha fúria que cheira a comunista mofado, já que ele fala no twitter "não aceitamos mais esses enlatados culturais americanos no Brasil"?!
Segundo Vossa Estercosa Excelência, o protagonista (um urso de pelúcia) induz ao uso de drogas e álcool, e "passa a imagem de que quem não estuda nem trabalha é feliz", ele deve saber bem, por que político não trabalha!
Não, Ted não é exemplo de comportamento, mas é exatamente por isso que é bom, os defeitos do Ted são defeitos comuns na maioria dos crianções por aí, mas suas qualidades são um tanto raras (principalmente sinceridade e lealdade) tá, numa parte do filme ele e Johnny cantam a música do trovão que diz ..."Quando você ouvir o som de trovão não precisa ficar com medo. Apenas dê a mão ao seu amigo do trovão e diga essas palavras mágicas, Trovão vá se fuder, pode chupar meu pau, você não pode me pegar porque eu sei peidar"
Mas daí a chamar de lixo enlatado...Eu mal acredito no que este animal diz! O deputado, não o urso.

Ah ! Tem crítica minha na página Criticanda e Analisanda sobre o TED, vai lá dar um confere!