Como prometido, um pouco do que rolou ontem no SPFW

    Fonte: ffw.com.br
     
    Com Alessandra Ambrósio e coleção elegante, Colcci fecha divinamente o segundo dia de FFW.
       


Colcci acertou em cheio ao se inspirar no tema militar para essa edição da fashion week, Ambrósio e outras modelos da marca fizeram bonito na passarela, a coleção prima pela elegância e descrição, os penteados das tops também obedeceram a linha contida, presos, só com algumas pontas soltas na frente. A maquiagem também fez sucesso, limpa e bem feita, foi eleita a melhor de hoje.  Colcci também foi escolhido melhor desfile. 
Robert Estevão foi o responsável pela beleza que elegemos neste segundo dia de SPFW, vista na Colcci. “Como as roupas têm uma inspiração militar, fizemos uma maquiagem meio feminina, meio masculina”, explicou o maquiador. Todos os produtos usados são da M.A.C. As sobrancelhas são marcadas com a sombra marrom Brown Down, fortes, porém o olho é super iluminado no canto com o iluminador Soft and Gentle para dar um ar de bonita e um super efeito na passarela. A ideia por trás do make é criar uma menina jovem com um ar sexy, suave, com um brilho natural que se contrapõe às sobrancelhas pesadas (aliás, sobrancelhas marcadas estão se mostrando hits do inverno). Na pele, base bem fina, e nos olhos, a mistura das sombras Superwatt, da linha Eletric Cool, e Brun, além do rímel Haute & Naughty. Nas maçãs do rosto foi usado o blush Mineralize Solar Ray. A boca nude foi feita com o batom Scoop and Shape. Anotou?
Também passaram pela passarela hoje José Pimenta, Uma, de Raquel Davidowicz, Samuel Cirnansk e Lino   Villaventura.
Agora a fonte é GNT:
O desfile de inverno de João Pimenta se inspira na figura do malandro dos anos 30. Segundo o estilista, a elegância do malandro é a nossa versão do dândi, que vem para inspirar os meninos de hoje a apreciarem o momento de se vestir.
Uma de Raquel Davidowicz, trouxe para a passarela do SPFW uma coleção embalada pela proposta de "um novo tempo de ajuste de Calendário".Isso se traduziu  na passarela numa  alfaiataria de shape despojado,  acompanhada de uma linha festa clean em materiais sofisticados como cetim, crepe e seda.

Dentro da sensualidade discreta e urbana, características do DNA da grife, presença de detalhes sutis com bordados de pedrarias delicadas, o tricô vazado sobre a camisa e o blazer mais alongado, de ar masculino.

Já para a cartela de cores, propostas de um inverno mais iluminado, com muito branco, off-white, bronze, cobre, laranja, ferrugem, cinza, grafite, marinho e preto. O ponto alto foi o tricô com brilho e a alfaiataria estruturada.
No verão:  As linhas simplificadas da Arte Primitiva inspiraram as roupas do verão 2013 da marca paulista UMA. A coleção foi marcada por formas minimalistas. As poucas estampas trabalhadas nas peças surgiram de desenhos do próprio tecido, que ora apareceram transparentes, ora ganharam peso e foram mais encorpados.
Por Mariana Bradford
Tudo parece encantador sobre a passarela de um desfile, mas, dependendo da fileira onde você estiver, alguns detalhes riquíssimos podem passar despercebidos a olho nu. Neste segundo dia de SPFW Inverno 2013, mereceram nosso zoom o tule dos vestidos de Samuel Cirnansck, o vestido superversátil da Uma e a pedraria sobre jeans da ColcciVeja bem de pertinho:

UMA POR RAQUEL DAVIDOWICZ

Raquel Davidowicz, seu nome é versatilidade! Pelo menos a julgar pelo vestido fragmentado que se destacou nas passarelas desta terça-feira (30). A peça criada pela estilista para o inverno 2013 de sua grife, a Uma, pode ser um vestido curto, um vestido longo, uma camisa ou ganhar toda uma nova cara com seu recurso dupla face – que divide a peça em dois materiais: o couro fake e a camurça. Para isso, basta montá-la com colchetes costurados na barra de cara fragmento do vestido. Palmas para a criatividade.
fotos: Tricia Vieira
SAMUEL CIRNANSCK
Samuel Cirnansck apostou em um inverno muito ousado marcado pelas transparências. O efeito arrasador é dado por um tule praticamente invisível que dá a impressão de que os bordados e pedrarias flutuam sobre o corpo, escondendo apenas o que realmente não deve ser mostrado. Os vestidos são pouco democráticos e favorecem apenas quem está em dia com a academia, mas os bordados “estratégicos” causaram um efeito lindo na passarela e merecem uma ampliação. 
COLCCI
A Colcci propôs uma mistura ousada ao adicionar ao blue jeans convencional em formato de flor que se espalharam por toda a superfície de calças, jaquetas e tricôs. Encontro de casualidade e delicadeza que promete fazer sucesso nas ruas!


Por agora é só, caso haja mais babado, confusão e gritaria eu volto!!!


Ps:
E antes que eu me esqueça, outra vez, eu sei que o certo seria eu editar o post da #Ouvindo: RED, Taylor Swift, já ouviu? Mas o fato é que na época eu tinha ouvido o cd mas ainda não tinha conseguido baixá-lo, portanto não podia liberar para download, agora finalmente consegui baixar a edição deluxe e aqui está o link para quem quiser baixá-lo: http://www.4shared.com/zip/Anq9dAI4/TS-R_DE__795.html?  

Bomba: Disney comprou a LucasFilms, e já anunciou Star Wars VII, VIII e IX ! Traz a vodka, porque depois dessa, só bebendo!

George Lucas assina contrato em que passa a empresa Lucasfilms para a Disney, ao lado de Robert Iger, CEO da Disney, em Burbank, na Califórnia (30/10/12)
George Lucas assina contrato em que passa a empresa Lucasfilms para a Disney, ao lado de Robert Iger, CEO da Disney, em Burbank, na Califórnia (30/10/12)O que deu em vc Tio George, nunca pensei que vc se drogasse, muito menos os suficiente pra vender a LucasFilms pra Disney!

Voltando do Uol Cinema atordoada, chocada, e precisando de água e oxigênio, é o seguinte...
Dando um rolé pelo Terra pra ver as news sobre o Fashion Week que começou ontem, e no próximo post eu falo dele, depois sempre dou uma passada no UOL pra comparar, aí fui dar uma olhada nas "Últimas Notícias"( talvez fale de algumas depois) e dei de cara com isso:

Retirado de UOL Cinema:

A Walt Disney Company comprou 100% das ações da Lucasfilms, do cineasta George Lucas, por US$ 4,05 bilhões. A informação foi confirmada em comunicado publicado pela Disney em sua página oficial, nesta terça (30).
                                          Minha reação foi mais ou menos essa(foi disso pra pior)
                                                             image
"Pelos últimos 35 anos, um dos meus maiores prazeres tem sido ver 'Star Wars' passar de uma geração para outra. Agora é hora de passar 'Star Wars' para uma nova geração de cineastas", disse Lucas, justificando a venda. O comunicado também anunciou que "Star Wars: Episode 7", será o primeiro filme da franquia produzido pela empresa, com previsão de lançamento para 2015, e consultoria criativa do diretor. Os episódios 8 e 9 também podem acontecer, visto que a trajetória da saga prevê 9 episódios. 

LEIA MAIS

  • Anunciada nesta terça-feira (30), a aquisição da LucasFilms pela Disney por US$ 4,05 bilhões inclui também a LucasArts, produtora de games como "Kinect Star Wars" e "Star Wars 1313", previsto para 2013.
"A Lucasfilms reflete a paixão, visão e roteiro extraordinário de seu fundador, George Lucas. Essa transação combina um portfólio clássico de conteúdo que inclui 'Star Wars', uma das maiores famílias e franquias de entretenimento de todos os tempos, com a criatividade única da Disney em diferentes plataformas, negócios e mercados, para gerar um crescimento sustentável e conduzir a um valor significativo a longo prazo", disse Robert A. Iger, chefe executivo da Walt Disney Company. 
"Sempre acreditei que 'Star Wars' poderia viver sem mim, e eu acho importante fazer essa transição enquanto estou vivo. Estou confiante que sob liderança de Kathleen Kennedy, a Lucasfilms terá uma nova casa na Disney. 'Star Wars' certamente viverá e prosperará por muito mais gerações. A experiência e alcance da Disney dará a Lucasfilms a oportunidade de vislumbrar novos caminhos na televisão, mídia interativa, parques temáticos, entretenimento ao vivo e produtos para o consumidor", explicou Lucas. 
"Star Wars" fará parte dos parques temáticos 
Outra novidade apresentada no comunicado foi a de que o "conteúdo de 'Star Wars' será integrado a rede de parques temáticos da Disney", na cidade de Orlando, na Flórida, além de Anaheim, Paris e Tóquio. No parque Hollywood Studios, já há uma atração relacionada aos filmes, o simulador Star Tours. A empresa espera com essas estratégias, "florescer o trabalho da Lucasfilms por mais 35 anos."

A Disney informa que a aquisição foi inspirada nas compras milionárias feitas pela empresa, da Pixar, em 2006, e da Marvel, em 2009. Junto com a franquia de "Star Wars", a Disney também adquire as tecnologias de filmagem e exibição criadas pela empresa. Mas explica que os funcionários que trabalham nos estúdios, atualmente localizados em San Francisco, na Califórnia, assim como a presidente e produtora executiva Kathleen Kennedy, serão mantidos em seus locais de trabalho. 
Em agosto de 2012, a Lucasfilms já tinha anunciado o relançamento de duas franquias da saga em 3D. "Guerra nas Estrelas: Episódio II - O Ataque dos Clones" chegará aos cinemas dos Estados Unidos em 3D no dia 20 de setembro do ano que vem, e sua continuação, "Guerra nas Estrelas: Episódio III - A Vingança dos Sith", estreará semanas mais tarde, no dia 11 de outubro.
Na época, o estúdio da Fox seria o responsável pela distribuição dos filmes depois da boa recepção que teve neste ano o lançamento no formato estereoscópico do primeiro capítulo da famosa saga, "Guerra nas Estrelas: Episódio I - A Ameaça Fantasma".
Essa versão arrecadou US$ 43,5 milhões nos EUA e US$ 59,3 milhões no resto do mundo, um número notável levando em conta que se trata de um filme que estreou originalmente em 1999, naquela ocasião em 2D.
                                              Dá uma olhadjenha neeessssoooooooo!!!
                      
           Meu(s) Deus(es)!! Um dos meus apelidos quando era criança era R2D2, pequena e sabia tudo, agora o R2D2 tá-de-orelha-do-mickey!!!!! Tudo bem, depois de vampiro brilhando, eu já devia estar preparada pra qualquer coisa, mas porra, porque, disney? PORQUEEE?! Quer engolir o mundo? Tomara que eles façam alguma coisa ao menos decente, tipo, sempre quis saber como o Universo ficou daquele jeito, a origem da origem, saca?! Mas acho meio difícil. Não que eu não goste da Disney, até gosto, os desenhos são legais, alguns seriadinhos também, mas STAR WARS é tipo, sagrado!!! O que deu no George Lucas?!

É isso, desculpem, mas preciso ir...aff!


Dia Nacional do Livro, 3 Dicas de Leitura

                      Tumblr_lrw19bu7yh1qmvrq0o1_500_large
Não chega nem a ser dica, é mais um toque, dois livros de William Shakespeare que são tão bons que deviam ser lidos por todo o mundoooo. Li Sonho de uma Noite de Verão quando tinha uns sete anos, e amei, ri muito mas me emocionei também, voltei a lê-lo com quatorze e foi no mínimo inebriante, lembro que as pessoas tinham que falar comigo duas ou três vezes até eu responder. Shakespeare sabe muito bem como aliar romance com comédia. É muito, muito bom mesmo. E indo na direção oposta, Hamlet é uma tragééédia das boas, não sobra ninguém sem um golpe cruel do destino e assim como Macbeth também toca em temas como megalomania, sede desmedida de poder, loucura e honra. E uma coisa que eu acho muito interessante e tinha reparado antes de ler isso sobre as obras do Mestre, é que a natureza, o clima também é um dos personagens, quando por exemplo, começa a aparecer a maldade, o tempo fecha, ventos sopram raivosos, a chuva cai torrencialmente, como se a natureza se enfurecesse com a malícia do povo...legal, não é?! Então, nos próximos dias eu devo postar a "semi fanfic" de Jogos Vorazes na página Textos e Crônicas.

Por agora é só!

Cinco exercícios para se livrar da celulite e ficar linda para o verão

Tumblr_mbggl1fwjj1qc2qk9o1_500_large
Fonte: Daquidali.com.br, site da Eliana


Para que eles funcionem, é preciso manter uma alimentação saudável


Cortininha, tomara que caia, meia-taça. Modelos de biquíni não faltam, mas nem sempre o corpo ajuda a deixar a peça da moda do jeito que ela aparece na vitrine, não é? Contudo, ainda dá tempo de se empenhar no chamado projeto verão e fazer bonito nas praias e piscinas. Para montar uma operação de última hora contra a celulite, o professor de educação física Marcelo Rodrigo de Sant’anna elaborou uma série de exercícios que podem ser feitos em casa. “Eles trabalham a musculatura e auxiliam na queima de gordura da região. Mas não adianta nada fazer exercícios se não tiver uma alimentação boa e controlada”, afirma. Então pegue sua legging, alongue-se e 3, 2, 1...
Agachamento livre
“Afaste as pernas, na largura do ombro, e reproduza o movimento de sentar, chegando até um ângulo de 90 graus com os joelhos”, explica Sant’anna. Para esse exercício não é preciso usar pesos adicionais, só o próprio corpo já basta para fazer efeito.
Chutes
Depois disso, pegue duas tornozeleiras e coloque uma em cada perna. “Em pé, apoie-se na parede com a lateral do corpo e faça movimentos como se estivesse chutando para frente com a perna contrária”, diz. Levante-a até 90 graus e fique o mais esticada possível.
Abdução do quadril
“Ainda com as tornozeleiras, apoie-se nos quatro pontos (cotovelos e joelhos). A partir daí, faça movimentos de abdução do quadril, esticando a perna trás e para o lado”, diz. Repita com a outra perna.
Adução do quadril
“Fique de lado, com uma perna dobrada e o pé inteiro apoiado no solo. Mantenha a outra esticada paralela ao solo. Quando você elevá-la vai perceber que os movimentos são bem curtos, mas é assim mesmo”, explica. Não se esqueça de manter as tornozeleiras.

Flexão de joelho
“Também deve ser feito com a tornozeleira. Em pé, faça movimentos de flexão, aproximando o calcanhar do glúteo”.
Para todos os exercícios, devem ser feitas três séries de 12, com intervalo de 30 segundos entre um e outro. E não se esqueça de tomar cuidado com a postura! Costas retas previnem dores desnecessárias.

Blogueira Famosa: Nunca seja uma!!!

                       26-1_7_large
É ótimo ter um blog com muitos seguidores, melhor ainda com leitores fiéis...muito bom se a blogueira tiver uma boa grana, com a qual ela pode comprar bons produtos pra fazer sorteios e resenhas, fazer sucesso, conseguir parcerias com marcas, lojas, que atraem mais leitores e assim sucessivamente. Maravilhoso quando começa a render...aí você já tem um "NOME", só que começa a chatice das blogueiras pequenininhas, como se fosse muito difícil fazer um blog, enchendo o saco pra ir ver, ler, comentar, seguir o blog delas, segui-las no face, no twitter, aff! Não dá, tô indo pra Paris amanhã!
   
Calma, não fiquei esnobe, só tenho tentado entender como essas "Blogueiras Famosas" pensam, será que elas realmente acham que são famosas mesmo? Sei lá, "ai eu sou a Nicoli Quidima da internete" . Há tempos peço pra uma dessas blogueiras, que eu admirava bastante, vir fazer uma visita e ela nem pra responder. Entendo a vida atribulada dela, mas não podia ao menos dizer que não dá pra vir ao meu blog por isso ou aquilo? Se você é uma blogueira e busca o sucesso, não se sinta mal, esse post é só para aquelas que já o alcançaram e esqueceram que quem faz o sucesso delas é o público. Embora essa criatura que citei trate a  todos muito bem, a mim ela parece simplesmente não perceber. Se você estiver começando a blogar, vai, luta, com garra pra ser a blogueira que você quer ser, mas quando fizer sucesso não se esqueça de continuar humilde e ajudando a outras blogueiras, por que com certeza no seu início muitas te ajudaram, ou com tutoriais, indicações, seguindo...enfim, não deixe o glamour tomar conta de você.

Por hoje é só!

#Ouvindo: RED, Taylor Swift; Já ouviu?

                    
De todas as críticas (boas, ruins, morde-assopra...) que ela recebeu, essa me chamou atenção:.
 Já Kate Mossman, do jornal britânico The Guardian, recebeu Red de forma positiva, dando a ele quatro entre cinco estrelas ao álbum e declarando que ele "foi supostamente inspirado por uma experiência amorosa dela [de Swift] e pelo ritmo acelerado e loucas aventuras da mesma". Ela concluiu dizendo: "Como ela teve tempo de se relacionar com tantos amores, bons e maus, só Deus sabe". (#euri! Por que eu já pensei isso! Já pensei :" essa garota começou a namorar, o que, no berçário?" Claro que depois eu concluí que ela deva escrever várias músicas sobre a mesma pessoa de primas diferentes) 
Minha Impressão é...
Que esse álbum representa uma mudança no estilo dela e experimentos musicais, quem não sabia, suspeitava. Se eles deram certo, acho que só o tempo vai dizer. A capa ao menos sinaliza, talvez meio exageradamente, um amadurecimento visual, como se a cantora dissesse "Agora sou adulta, meu CD tem foto vintage".
Eu não acho que seja uma obra-prima, e a música que TODOS amam é a que eu menos gostei do álbum: We are never ever get back together é simplória (coisa que nunca achei das canções da Srta Swift), de batida cansativa, o clipe é de um teatrismo infantil e exagerado e a insistência de Tay com elementos retrô é irritante. Parece uma faixa-feita-pra-agradar...mas por outro lado a de abertura, State of Grace é romântica e define o estado de graça (é essa a tradução do título) que uma mulher (não uma menina) fica ao estar apaixonada. É de uma melodia gostosa, realmente muito boa. Já a segunda, Red, é uma música que revela uma sensibilidade gritante, ela te leva a todas as possíveis memórias românticas que você tiver. Não é triste, é intensa, trágica até, se você já teve uma relação marcante, e se deixar levar, quando você percebe seus olhos marejados e nó na garganta é tarde demais. Treacherous é sobre como você sabe que uma estrada(nesse caso, relacionamento) é traiçoeira, e mesmo assim decide ir, você sabe que é uma barca furada, e não há porque culpar a outra pessoa...I knew you were trouble é quase o mesmo tema da anterior, a tradução do título é "eu sabia que você era problema" é mais batida pop (com certeza, um dos experimentos musicais) e a letra, uma confissão sobre se "apoiar" em alguém pra sair da "fossa" sabendo que não devia e depois se ver enrascada numa relação de uma pessoa só (quem nunca?). Na verdade, gostei mais dessa música pela identificação sumária com o tema do que outra coisa. Entendi os críticos meio torcendo o nariz. Tecnicamente pode-se apontar como uma das tentativas de Tay de nadar em águas deconhecidas...All too well é como uma crônica, parece uma historinha que a mocinha vai cantando/contando. Alguém já disse que serve muito pra trilha sonora, é, realmente. É legal, não mais, não menos. 22 é uma faixa emblemática, ela realmente expôs como o jovem dessa idade se sente e o bom é que não restringe, sabe?! Ela diz "estou me sentindo com 22", ou seja, cinquentões e criançinhas podem cantar quando se sentirem da maneira que ela descreve - e descreve muito bem por sinal- na música. Muita gente acha que é uma das melhores do álbum, eu também. I almost do é sobre uma história que acabou porque a razão assim apontou como o melhor caminho para ambos, mas nenhum dos dois queria que acabasse, então  "And I just want to tell you/It takes everything in me not to call you/And I wish I could run to you/And I hope you know that/Everytime I don’t/I almost do, I almost do" (Eu só queria te dizer que custa tudo de mim não te ligar, eu queria poder correr pra você, e eu espero que você saiba disso, toda vez que eu não faço, eu quase faço) outra vez, tecnicamente não é uma boa música, mas me identifiquei e gostei. Stay, Stay, Stay é bem a cara da Tay de antes, bem country, e bem fofa. Já The Last Time com a participação de Gary Lightbody,(Snow Patrol) é linda, triste, mas de uma tristeza bonita, as vozes dos dois se casam muito bem. Quem for mais sensível com certeza vai agarrar o travesseiro e se afogar em sorvete, aos prantos, claro. Eu nem fiz isso, magiiina!!!!.  Holy Ground vem com uma batida simples, letra mais ou menos; Sad Beautiful Tragic depressiva, música suave de deprê...The Lucky One é maravilhosa, gostosa de ouvir e traz uma Taylor ciente e consciente da fama que a rodeia, nem desprezando-a nem superstimando-a.  Everything Has Changed(feat.Ed Sheeran), o dueto com Ed Sheeran era uma das novidades mais aguardadas do CD e a mim não decepcionou, apesar do tema relação amorosa ser batido, é uma canção linda que fala sobre um relacionamento que começou com um "oi", algumas pessoas apontaram o instrumental como uma falha, parece que o violão está um pouco desafinado, ainda não notei isso, mas pode ser, mesmo assim, é uma bela faixa. Starlight é sobre se apaixonar sob a luz das estrelas, é bem pop, agitada, a maioria dos fãs achou muito boa...eu não acheeei isso tudo. E finalmente Begin Again é a última música e segundo single de trabalho dando contraste com a primeira.essa é bem romântica com clipe rodado em Paris! Su-ces-sooooooooooooo!!!  E o figurino tá d+!

Em tempo: a versão deluxe do Cd parece valer a pena porque o nº de faixas pula de 16 para 22, mas é ilusão, na minha opinião...duas são Treacherous e Red só que suas "gravações originais" e Red é acústico, na boa, Swift só produzida, e as outras realmente inéditas são The Moment I Knew, um drama exagerado sobre um namorado que não foi no aniversário da menina, que chaaato, mas a melodia é legal. Come back...be here é sobre um "peguete" que ela acabou se apegando e percebe isso quando ele viaja pra Londres deixando-a em NY, e, finalmente Girl At Home chega a ser engraçado com ela dizendo "Não olha pra mim, você tem uma garota em casa", é sobre um cara obviamente comprometido que quer pegar a Tay, mas ela como uma menina decente e que já passou pelo desagradável "chifre" manda-o ir pra casa. Vale mais a pena esperar pra eu postar aqui o download...devo pôr no post do Fashion Week.

É isso por hoje!
We Are Never Ever Getting Back Together (clipe irritante, primeira música da Taylor que eu não gostei)


Begin Again - Ótimo! Repara nas roupas, batom, cabelos.
                                         


Esqueci de postar...Abaaphaa! #Shine Revolution e #Ultra Color Rich Brilliance Batom

                   
                       
    É porque eu não tenho chicote senão já tinha me chicoteado, quando comprei esses dois batons (e minha mãe comprou esmaltes também, que depois eu faço posts sobre eles também, ok?!) estava em Hiatus, e quando voltei nem me lembrei dos queridinhos...vamos logo a eles,

#Shine Revolution:

Quem nunca pensou que podiam criar um batom que também fosse gloss, sendo que você poderia escolher entre um e outro ou os dois ao mesmo tempo? A Avon, sempre adivinhando nossos desejos, fez esse batom/gloss, que pode causar estranheza a prínipio - minha mãe não conseguiu usar, apanhou pra abrir, e desistiu - porque você tem que rodar a base pra sair o batom sozinho - tem que passar com cuidado, mas normalmente as mulheres tem cuidado pra passar batom, né? O meu é o pink. E ele é pink mesmo, mas não muito chamativo, combinando o batom com o gloss fica melhor, o batom sozinho não fica tão legal e o gloss sozinho, sei lá, eu preferi o resultado dos dois juntos. R$14,99
                                 
#Ultra Color Rich Brilliance
               

Pois é, normalmente quando vou comprar batom ou gloss só fico em dúvida no tom de rosa, mas nesse eu fiquei em dúvida em quatro: vermelho luxo, ameixa, coral e o pink que foi o que eu acabei comprando. Não adianta, amo rosa.
Então, me surpreendeu o aroma suave, porque já me acostumei com os cheiros fortes que por vezes os batoms da avon teem. Mas embora a textura seja gostosa, parece um creme, e cubra superbem, a cor e o brilho deixaram a desejar, quando eu passei, fui olhar no espelho e falei "tá de sacanagem", porque na revista fala de 'brilho intenso', e tá brilha, mas não é o holofote que a avon dá a entender, e o rosa pra quem gosta de roooosa (EU!!), é broxante. Revoltei, dona avon, revoltei! R$11,99.

                              
Queria comprar uns esmaltes que sairão na próxima campanha, a 18, mas não sei...

É isso por hoje, gente!

Novo cabeçalho + Halloween chegando + Talvez uma página a mais + Talvez um conto meio fanfic de Jogos Vorazes

                                    548767_453319031376618_2045477261_n_large
Oiiiii,
Quem reparou no novo cabeçalho e fundo levanta a mão!!! Tá, enfim, queria mudar pro halloween, mas não tava afim de fazer um novo, aí fui no Menina Louca Kawaii e peguei esse aí, só pus o cupcake (que não me lembro em que Tumblr peguei), a bandeira da Inglaterra, xícara de café (cantinhodalumad, sempre) e claaaaro o símbolo do meu mais novo vício, Jogos Vorazes...E o background de docinho-afinal nos EUA, Halloween se resume a doce- eu peguei no Coffe Drop, talvez ainda mude denovo, e nesse caso o help vem do O Melhor Para o Seu Photoscape, que tem o tutorial que me ajudou...
Quer saber um pouco de como o Halloween se tornou o que é hoje?
A palavra Halloween tem origem na Igreja católica. Vem de uma corrupção contraída do dia 1 de novembro, "Todo o Dia de Buracos" (ou "Todo o Dia de Santos"), é um dia católico de observância em honra de santos. Mas, no século V DC, na Irlanda Céltica, o verão oficialmente se concluía em 31 de outubro. O feriado era Samhain, o Ano novo céltico.
Alguns bruxos acreditam que a origem do nome vem da palavra hallowinas - nome dado às guardiãs femininas do saber oculto das terras do norte (Escandinávia).

O Halloween marca o fim oficial do verão e o início do ano-novo. Celebra também o final da terceira e última colheita do ano, o início do armazenamento de provisões para o inverno, o início do período de retorno dos rebanhos do pasto e a renovação de suas leis. Era uma festa com vários nomes: Samhain (fim de verão), Samhein, La Samon, ou ainda, Festa do Sol. Mas o que ficou mesmo foi o escocês Hallowe'en.
Uma das lendas de origem celta fala que os espíritos de todos que morreram ao longo daquele ano voltariam à procura de corpos vivos para possuir e usar pelo próximo ano. Os celtas acreditavam ser a única chance de vida após a morte. Os celtas acreditaram em todas as leis de espaço e tempo, o que permitia que o mundo dos espíritos se misturassem com o dos vivos.
Como os vivos não queriam ser possuídos, na noite do dia 31 de outubro, apagavam as tochas e fogueiras de suas casa, para que elas se tornassem frias e desagradáveis, colocavam fantasias e ruidosamente desfilavam em torno do bairro, sendo tão destrutivos quanto possível, a fim de assustar os que procuravam corpos para possuir, (Panati).
Os Romanos adotaram as práticas célticas, mas no primeiro século depois de Cristo, eles as abandonaram.
O Halloween foi levado para os Estados Unidos em 1840, por imigrantes irlandeses que fugiam da fome pela qual seu país passava e passa ser conhecido como o Dia das Bruxas.
                      Travessuras ou Gostosuras?(Trick-or-treat)
A brincadeira de "doces ou travessuras" é originária de um costume europeu do século IX, chamado de "souling" (almejar). No dia 2 de novembro, Dia de Todas as Almas, os cristãos iam de vila em vila pedindo "soul cakes" (bolos de alma), que eram feitos de pequenos quadrados de pão com groselha.

Para cada bolo que ganhasse, a pessoa deveria fazer uma oração por um parente morto do doador. Acreditava-se que as almas permaneciam no limbo por um certo tempo após sua morte e que as orações ajudavam-na a ir para o céu.

                                Abóboras e velas: Jack O'Lantern (Jack da Lanterna)
A vela na abóbora provavelmente tem sua origem no folclore irlandês. Um homem chamado Jack, um alcoólatra grosseiro, em um 31 de outubro bebeu excessivamente e o diabo veio levar sua alma. Desesperado, Jack implora por mais um copo de bebida e o diabo concede. Jack estava sem dinheiro para o último trago e pede ao Diabo que se transforme em uma moeda. O Diabo concorda. Mal vê a moeda sobre a mesa, Jack guarda-a na carteira, que tem um fecho em forma de cruz. Desesperado, o Diabo implora para sair e Jack propõe um trato: libertá-lo em troca de ficar na Terra por mais um ano inteiro. Sem opção, o Diabo concorda. Feliz com a oportunidade, Jack resolve mudar seu modo de agir e começa a tratar bem a esposa e os filhos, vai à igreja e faz até caridade. Mas a mudança não dura muito tempo, não.
No próximo ano, na noite de 31 de outubro, Jack está indo para casa quando o Diabo aparece. Jack, esperto como sempre, convence o diabo a pegar uma maçã de uma árvore. O diabo aceita e quando sobe no primeiro galho, Jack pega um canivete em seu bolso e desenha uma cruz no tronco. O diabo promete partir por mais dez anos. Sem aceitar a proposta, Jack ordena que o diabo nunca mais o aborreça. O diabo aceita e Jack o liberta da árvore.
Para seu azar, um ano mais tarde, Jack morre. Tenta entrar no céu, mas sua entrada é negada. Sem alternativa, vai para o inferno. O diabo, ainda desconfiado e se sentindo humilhado, também não permite sua entrada. Mas, com pena da alma perdida, o diabo joga uma brasa para que Jack possa iluminar seu caminho pelo limbo. Jack põe a brasa dentro de um nabo para que dure mais tempo e sai perambulando. Os nabos na Irlanda eram usados como seu "lanternas do Jack" originalmente. Mas quando os imigrantes vieram para a América, eles acharam que as abóboras eram muito mais abundantes que nabos. Então Jack O'Lantern (Jack da Lanterna). na América passa a ser uma abóbora, iluminada com uma brasa.
Sua alma penada passa a ser conhecida como Jack O'Lantern (Jack da Lanterna). Quem presta atenção vê uma luzinha fraca na noite de 31 de outubro. É Jack, procurando um lugar.
enganara Satã ao subir uma árvore. Jack então esculpiu uma imagem de uma cruz no tronco da árvore, prendendo o diabo para cima a árvore. Jack fez um acordo com o diabo, se ele nunca mais o tentasse novamente, ele o deixaria árvore abaixo.
De acordo com o conto de povo, depois de Jack morrer, ele a entrada dele foi negada no Céu, por causa de seus modos de malvado, mas ele teve acesso também negado ao Inferno, porque ele enganou o diabo. Ao invés, o diabo deu a ele uma brasa única para iluminar sua passagem para a escuridão frígida. A brasa era colocada dentro de um nabo para manter por mais tempo.
Os nabos na Irlanda eram usados como seu "lanternas do Jack" originalmente. Mas quando os imigrantes vieram para a América, eles acharam que as abóboras eram muito mais abundantes que nabos. Então o Jack O'Lantern (Jack da Lanterna), na América, era em uma abóbora, iluminada com uma brasa.
                                                      

                                                                         Bruxas

As bruxas têm papel importantíssimo no Halloween. Não é à toa que ela é conhecida como "Dia das Bruxas" em português. Segundo várias lendas, as bruxas se reuniam duas vezes por ano, durante a mudança das estações: no dia 30 de abril e no dia 31 de outubro. Chegando em vassouras voadoras, as bruxas participavam de uma festa chefiada pelo próprio Diabo. Elas jogavam maldições e feitiços em qualquer pessoa, transformavam-se em várias coisas e causavam todo tipo de transtorno.

Diz-se também que para encontrar uma bruxa era preciso colocar suas roupas do avesso e andar de costas durante a noite de Halloween. Então, à meia-noite, você veria uma bruxa!
A crença em bruxas chegou aos Estados Unidos com os primeiros colonizadores. Lá, elas se espalharam e misturaram-se com as histórias de bruxas contadas pelos índios norte-americanos e, mais tarde, com as crenças na magia negra trazidas pelos escravos africanos.
O gato preto é constantemente associado às bruxas. Lendas dizem que bruxas podem transformar-se em gatos. Algumas pessoas acreditavam que os gatos eram os espíritos dos mortos. Muitas superstições estão associadas aos gatos pretos. Uma das mais conhecidas é a de que se um gato preto cruzar seu caminho, você deve voltar pelo caminho de onde veio, pois se não o fizer, é azar na certa.
                                                     

Halloween pelo mundo

A festa de Halloween, na verdade, equivale ao Dia de Todos os Santos e o Dia de Finados, como foi absorvido pela Igreja Católica para apagar os vínculos pagãos, origem da festa. Os países de origem hispânica comemoram o Dia dos Mortos e não o Halloween. No Oriente, a tradição é ligada às crenças populares de cada país.

Espanha
Como no Brasil, comemora-se o Dia de Todos os Santos em 1º de novembro e Finados no dia seguinte. As pessoas usam as datas para relembrar os mortos, decorando túmulos e lápides de pessoas que já faleceram.
Irlanda
A Irlanda é considerada como o país de origem do Halloween. Nas áreas rurais, as pessoas acedem fogueiras, como os celtas faziam nas origens da festa e as crianças passeiam pelas ruas dizendo o famoso “tricks or treats” (doces ou travessuras).
México
No dia 1º comemora-se o Dia dos Anjinhos, ou Dia dos Santos Inocentes, quando as crianças mortas antes do batismo são relembradas. 
O Dia dos Mortos (El Dia de los Muertos), 2 de novembro, é bastante comemorado no México. As pessoas oferecem aos mortos aquilo que eles mais gostavam: pratos, bebidas, flores. Na véspera de Finados, família e amigos enfeitam os túmulos dos cemitérios e as pessoas comem, bebem e conversam, esperando a chegada dos mortos na madrugada. 
Uma tradição bem popular são as caveiras doces, feitas com chocolate, marzipã e açúcar.
Tailândia
Nesse país, existe o festival Phi Ta Khon, comemorado com música e desfiles de máscaras acompanhados pela imagem de Buda. Segundo a lenda, fantasmas e espíritos andam entre os homens. A festividade acontece no primeiro dia das festas budistas.

Alguns significados simbólicos
a abóbora: simboliza a fertilidade e a sabedoria
a vela: indica os caminhos para os espíritos do outro plano astral.
o caldeirão: fazia parte da cultura - como mandaria a tradição. Dentro dele, os convidados devem atirar moedas e mensagens escritas com pedidos dirigidos aos espíritos.
a vassoura: simboliza o poder feminino que pode efetuar a limpeza da eletricidade negativa. Equivocadamente, pensa-se que ela servia para transporte das bruxas.
as moedas: devem ser recolhidas no final da festa para serem doadas aos necessitados.
os bilhetes com os pedidos, devem ser incinerados para que os pedidos sejam mais rapidamente atendidos, pois se elevarão através da fumaça.
a aranha - simboliza o destino e o fio que tecem suas teias, o meio, o suporte para seguir em frente.
o morcego - simbolizam a clarividência, pois que vêem além das formas e das aparências, sem necessidades da visão ocular. Captam os campos magnéticos pela força da própria energia e sensibilidade.
o sapo - está ligado à simbologia do poder da sabedoria feminina, símbolo lunar e atributo dos mortos e de magia feminina.
gato preto - símbolo da capacidade de meditação e recolhimento espiritual, autoconfiança, independência e liberdade. Plena harmonia com o Unirverso

Cores:
Laranja - cor da vitalidade e da energia que gera força. Os druidas acreditavam que nesta noite, passagem para o Ano Novo, espíritos de outros planos se aproximavam dos vivos para vampirizar a energia vital encontrada na cor laranja.

Preto - cor sacerdotal das vestes de muitos magos, bruxas, feiticeiras e sacerdotes em geral. Cor do mestre.

Roxo - cor da magia ritualística.

Fonte: ilove.terra.com.br/lili/palavrasesentimentos/halloween_historia.asp

O negócio é, Halloween pra mim é óóótimo e complicado pelo mesmo motivo: sou uma bruxa de verdade. Não. Não sou Wicca. Quer dizer, não me denomino somente wicca, é legal para crianças/adolescentes, pro início de maneira geral, pra não assustar, mas depois você precisa ir se desprendendo de alguns "pensamentos-padrão" que a wicca acaba enraizando, então, gosto mas não caio de amores...mas então, nasci bruxa e não havia igreja, centro ou psicólogo que me dissesse um jeito de cessar os meus dons/habilidades/coisas-que-só-atrapalham, enfim, tive que encontrar a saída meio sozinha; desculpa amiga leitora, mas se você passa por uma coisa semelhante, continue indo na sua igreja católica/evangélica, centro espírita kardecista/umbanda/candomblé, porque você precisa de um lugar que possa haver tipo uma "manutenção espiritual", mas não precisa aceitar tudo o que dizem, e leia sobre magia, mas por favor, nada de Eddie Van Feu  nem Paulo Coelho!  São ótimos pra quem pode se dar ao luxo de ser "bruxo de boca", que só quer encher a casa de cristais e estatuetas, incensos e dizer-se bruxo pra ter estatus, ou algum poder ilusório. Mas se você PRECISA da magia porque, enfim, nasceu assim e esse é o seu caminho, não aconselho os livretos de ambos. Não digo nomes de autores ou livros porque já vi casos de gente lendo trinta livros que não adiantaram muita coisa e a pessoa topou com um de história geral e pronto...então, assim, vá a livrarias, sebos, bibliotecas, quem sabe você encontra um livro que seja compatível com você?!
Por isso, para pessoas tão perdidas quanto eu, estou pensando seriamente em fazer uma página de Magia no blog, mas ainda é só uma idéia...passando agora para o próximo e último tópico deste post;

Tive outra idéia enquanto lia JV, e se o mundo ficasse realmente daquele jeito, ou ainda pior? E se não fosse só dos doze aos dezoito, os tributos? Se fossem até os trinta e cinco anos? E se todos os gatos fossem afogados na frente dos donos? E se toda mulher até vinte e cinco anos que fosse solteira fosse morta e os casais fossem obrigados ao matrimônio por que a Igreja retornou ao poder? Pois é, pensei numa coisa mais ou menos horrível assim...talvez eu faça e publique na página Textos e Crônicas.
É isso por hoje, Valeu!

        Gif Lilo e Stitchchora não, Stitch! Eu volto!!